Resenha da Cidade

topo resenha2

PUBLICIDADE

Todas as Notícias

GOVERNADOR ANUNCIA GRUPO DE TRABALHO PARA AGILIZAR TRANSFERÊNCIA DA EMASA

A Justiça determinou nesta segunda-feira (15) o afastamento do presidente e de cinco diretores da empresa de Águas e Saneamento de Itabuna (Emasa), no sul do estado. A decisão atende a um pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA), que através do grupo de atuações especiais de combate ao crime organizado, esteve nesta segunda-feira no escritório da Emasa para cumprir mandados de busca e apreensão. A investigação do MP-BA começou em março deste ano, após denúncia de uma funcionária da Emasa.A decisão corresponde a um desdobramento de outra operação, que em junho deste ano resultou na apreensão de documentos e na prisão do diretor de planejamento e do chefe de manutenção da Emasa. Conforme o MP-BA, a fraude em que os funcionários são investigados foi de quase R$ 500 mil.Os dois funcionários que estão presos são suspeitos de desvios de dinheiro e utilização da máquina da empresa municipal em benefício próprio, em um esquema de venda de água na região. Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura de Itabuna, o prefeito Claudevane Leite e o presidente da Emasa, Ricardo Campos, estão em Salvador. Disse também que o prefeito ainda não foi notificado sobre a decisão.

Entrar

Online

Temos 13 visitantes e Nenhum membro online

Assine

Receba todas as novidades do Resenha da Cidade em primeira mão no seu email.